A viagem

 A  5 de Dezembro de 2013, dois dias após a minha chegada  a Joanesburgo foi anunciada a morte de Nelson Mandela. Inevitavelmente, durante uma semana tudo girou à volta deste acontecimento igualmente emocionante para os sul-africanos e para o mundo em geral.

 

O frenesim de fotografar sentia-se  por todo o lado e era contagiante,  denotando a urgência de captar  imagens que um dia testemunhariam que  “estava lá, nesse lugar e nesse dia, quando tudo aconteceu”. Testemunhei  o Presidente Zuma a ser vaiado à  entrada no estádio,  Mugabe e Mbeki recebendo aplausos…  o desfilar das elites e das celebridades! Os acontecimentos que fizeram historia nos media, nomeadamente o tradutor falso cujos gestos se repetiam no ecrã gigante do estádio e  o famoso  selfie de  Obama/David Cameron/Helle Thorning-Schmidt, desenrolavam-se perante os meus olhos naquela manhã chuvosa e emocionante.

Juntei-me às multidões que celebravam nas galerias do estádio, com cânticos e marchas,  a vida e a morte de Nelson Mandela, deixando para trás as cerimónias oficiais. Estas são algumas imagens que seleccionei de entre muitas  que se reportam a esse tempo e a lugares tais como o FNB Stadium e a Casa  Mandela no Soweto, a casa de Mandela em Houghton e a praça Mandela em Sandton.

>>

Mandela Dec 2013

Mandela’s death only comes once

Galeria 02

Mandela’s brand

Galeria 03

Expression of the Self

Advertisements